Navegar no Blog Adzuna »

10 técnicas para falar em público sem medo

10 técnicas para falar em público sem medo

Falar em público sem demonstrar nervosismo pode parecer uma habilidade exclusiva dos grandes líderes. Mas essa é uma falsa percepção de quem não conhece a trajetória das pessoas que hoje apresentam um discurso cativante e confiante.

O estudo das técnicas de apresentação é fundamental, mesmo para quem tem uma aptidão e facilidade para falar em público. Essas táticas são os instrumentos que te permitem utilizar a linguagem correta, os argumentos efetivos e mesmo as ferramentas que melhor apresentam suas ideias.

Por isso, reunimos 10 exemplos de técnicas para falar em público sem medo e convencer, competência que pode ser determinante em diversos momentos da sua carreira.

 

1 – Trabalhe na abertura

É fundamental que você pense em um início claro e objetivo em relação ao que você estará cobrindo ao decorrer da apresentação. Não comece com informações desconexas.

Falta de estrutura evidencia nervosismo e deprecia a sua credibilidade, dando a impressão de que você não está preparado(a). Uma apresentação organizada, com início, meio e fim bem definidos, auxilia o seu discurso, porque se torna um importante material de apoio para o caso de “dar branco” ou de precisar ilustrar uma ideia para o público.

Dessa maneira, é importante que você faça um roteiro com os pontos que você deve abordar e nunca esqueça do tema principal.

O meio e o final da sua apresentação são passíveis de mudanças em virtude de questionamentos que possam surgir por parte de quem está assistindo, mas o ínicio deve sempre ser o que você determinou previamente.

 

2 – Mantenha contato visual

mantenha contato visual

Olhe para as pessoas. Essa é uma forma de criar empatia e aproximar o público do assunto apresentado. Sabemos que nem sempre é fácil e que a tendência é tentarmos desviar o olhar o máximo possível. Então uma boa dica para vencer essa barreira é começar a sua apresentação olhando para um ponto fixo, ligeiramente acima da plateia, e baixar o olhar na direção das pessoas gradualmente.

Estabelecer contato visual é importante para manter o público engajado, então treine essa técnica.

 

3 – Defina sua postura

Durante a sua apresentação, não se movimente aleatoriamente. Tenha uma boa postura. De acordo com os especialistas em comunicação, a linguagem não verbal representa 55% da nossa comunicação.

Manter-se estático ou encostar-se na parede, por exemplo, logo fará com que o público se desinteresse pelo que você está falando, porque não há mudança. É preciso planejar sua apresentação de forma a incluir transições e momentos que não se prolongam os mesmos por muito tempo.

Fazer um reconhecimento do local antes da apresentação é uma boa ideia, assim você poderá ter uma noção dos melhores pontos para o seu deslocamento.

 

4 – Utilize gestos de forma inteligente

Use os gestos a seu favor. A linguagem corporal pode ser uma grande aliada.

Não mantenha suas mãos nos bolsos ou os braços cruzados. Fazer gestos enriquece seu discurso ao pontuar suas ideias. Mas cuidado para não exagerar, porque eles podem facilmente se transformar em distrações.

Procure ficar com os braços soltos, mantendo-os acima da linha da cintura e para a frente do seu corpo. E utilize os movimentos de forma inteligente e moderada, agregando a sua fala.

Braços cruzados simbolizam tensão e afastamento do interlocutor.

Ao movimentar as mãos, dê preferência a voltar as palmas das mãos para cima. Esse ato demonstra maior afinidade com a plateia e também dá a entender que você está sugerindo algo e não dando ordens.

 

5 –  Conte histórias  

Conte histórias

Utilize o storytelling, que é a arte de contar uma boa história para se aproximar do público. Dê exemplos sobre o que foi falado. As pessoas tendem a confiar mais no que foi dito quando se identificam com uma história.

Escolha uma história na qual tenha real interesse, assim conseguirá contá-la de forma cativante. Insira elementos que façam parte da vida de quem está ouvindo. Assim, é muito mais fácil convencer o público a acreditar na sua ideia.

 

6 – Controle sua respiração

Fique atento com a sua respiração. Às vezes, devido ao nervosismo do momento, nós temos o hábito de falar rapidamente para que o discurso termine logo. Quando isso acontece, além da plateia não entender bem a sua mensagem, você também ficará ofegante.

Fale pausadamente, pronuncie as palavras claramente. Dê ênfase e entonação nas suas palavras e não tenha pressa.

 

7 –  Ficha pessoal e Slides

No dia da apresentação, você pode levar uma ficha pessoal com os tópicos que serão abordados. Mas lembre-se de que esta ficha é apenas um guia, você não deve lê-la a todo momento.

Os slides também servem como um guia do assunto abordado, tanto para você como para o público. Não escreva muitos textos ou acrescente detalhes demais.

Um boa apresentação requer clareza e isso implica tanto na fala quanto no material apresentado.

 

8 – Tom de voz

Tom de voz

O seu tom de voz pode determinar o tom da apresentação, então escolha com cuidado. Reflita: está tratando de um tema que exige incitar o público e fazê-los refletir? Pense na sua motivação e o tom de voz surgirá naturalmente.

Fale de maneira clara e dê entonação às palavras-chave. É comum que as pessoas deixem para dar entonação às palavras que estão no final de uma frase, o chamado tom de voz ascendente.

Porém, o mais indicado é o tom de voz descendente, no qual o palestrante aumenta a entonação durante o início e o meio e termina a fala de uma forma mais suave.

 

9 – Escolha os pronomes e expressões

Envolva o público utilizando os pronomes de tratamento mais adequados. Por que não utilizar “nós” no lugar de “vocês”? Incluir-se no discurso demonstra trabalho coletivo e real preocupação e interesse no assunto.

Além disso, você também deve falar com convicção. Não utilize expressões como “eu acho” ou “provavelmente”. Acredite na sua fala!

 

10 – Finalização

Termine a sua apresentação da mesma forma que você começou: com entusiasmo.

Ao final da sua apresentação, você pode fazer um breve resumo do que foi dito e também convidar o público a fazer perguntas e tirar dúvidas. Tente sempre envolver as pessoas de alguma forma.

 

Pratique já!

Agora que você conhece 10 técnicas fundamentais para uma apresentação de sucesso, comece a praticá-las. Dessa forma, você terá muito mais segurança ao apresentar um projeto ou dar uma palestra. Conhecimento do assunto apresentado e prática das técnicas são os elementos-chave que garantem a confiança necessária para falar bem para um público de qualquer tamanho.

 

Post produzido por parceria entre a Adzuna e a Voitto, especialista em treinamentos nas áreas de melhoria contínua, softwares de gestão e desenvolvimento de lideranças.