Navegar no Blog Adzuna »

Você é fluente em jargão corporativo?

Falar bem português é  essencial, independente da posição ocupada na hierarquia da empresa. O profissional que se esforça para falar corretamente e se expressa de forma clara e articulada chama a atenção de superiores e tem mais chance de crescimento. A maioria das empresas também exige, além do português, noções ou fluência em outro idioma, como inglês e espanhol. Mas há  um idioma velado em todas as empresas que você  também precisa dominar: o jargão corporativo.

Por definição do dicionário Aurélio, jargão quer dizer “linguagem característica de um grupo profissional ou sociocultural”.  Esse “idioma corporativo” se tornou tão comum que não dominá-lo pode tornar-se um obstáculo para sua inserção na empresa. A origem da maioria dos jargões são apropriações ou adaptações da língua inglesa, “aportuguesadas” em novos verbos, mas também existem aquelas expressões idiomáticas da língua portuguesa que ganham sentido próprio dentro do contexto corporativo.

Cada empresa terá  seu jargão próprio, de acordo com a natureza e a cultura do negócio, mas existem expressões corporativas mais comuns usadas por praticamente todos os profissionais. Se você  está  buscando seu primeiro emprego ou começando em uma empresa nova, listamos abaixo os principais termos para acrescentar ao seu vocabulário e, assim, não se sentir em um país estrangeiro:

 

  1. Schedular – da palavra inglesa schedule (que significa ‘agenda’), por aqui adaptado para se referir a “marcar uma reunião”;
  2. Brainstorm – expressão do inglês para designar uma reunião específica para gerar ideias ou soluções para um problema;
  3. Empowerment – literalmente “dar poder à  alguém” ou delegar alguma tarefa importante;
  4. Feedback – termo para descrever um retorno/resposta a um assunto em aberto ou uma avaliação profissional;
  5. Quebrar paradigmas – adotar novas práticas e modelos para buscar melhores resultados;
  6. Sinergia – termo usado quando profissionais, geralmente de áreas diferentes, trabalham em conjunto ou colaboram em um projeto;
  7. Briefing/Debriefing – significa passar informação, dar instruções para um projeto, e depois avaliar como a informação foi usada;
  8. Tropicalizar – termo comum em empresas multinacionais, onde é necessário adaptar ou “localizar” (outro jargão!) estratégias e táticas da matriz para nossa realidade e cultura;
  9. Deadline – literalmente significa “prazo final” em inglês;
  10. Follow up – o termo inglês aqui é  usado tanto para dar prosseguimento em assuntos e projetos, como para acompanhar a execução de um trabalho, ou ainda, retornar uma ligação ou e-mail de um cliente ou colega;
  11. Business Plan  – literalmente significa “plano de negócios” ou a diretriz da empresa;
  12. Budget – orçamento;
  13. Workshop – termo usado para designar palestras e treinamentos de funcionários;
  14. Coaching – expressão usada para processo de desenvolvimento profissional supervisionado e aconselhado por um profissional mais experiente;
  15. CEO – Chief Executive Officer, é  o Diretor Executivo, ou cargo mais alto da empresa;
  16. CFO – Chief Financial Officer, é  o Diretor Financeiro;
  17. COO – Chief Operating Officer, é  o Diretor Operacional;
  18. CTO – Chief Technology Officer, é  o Diretor de Tecnologia;
  19. B2B/B2C – Business to Business se refere ao comércio entre empresas, de pessoa jurídica para outra, já  o B2C ou Business to Customer é  o comércio padrão, de empresa para cliente ou consumidor;

Esperamos que este pequeno glossário empresarial te ajude a não ficar perdido durante conversas no escritório ou quando for requisitado(a) para uma tarefa, mas vale lembrar que qualquer excesso de uso do jargão corporativo pode soar cansativo ou mesmo desnecessário. Mas o real cenário Ganha-ganha (situação que beneficia a todos) aqui é  conhecer todas as expressões enquanto vivencia o ambiente de trabalho, então acesse o site da Adzuna e busque entre as nossas mais de 300 mil vagas disponíveis!