Navegar no Blog Adzuna »

O pior conselho de carreira que pais dão a seus filhos

child-767544_1280

Esta semana a revista digital Aeon publicou um artigo interessante e relativamente controverso sobre conselhos sobre carreira na educação de filhos: quando pais dizem a seus filhos que eles podem seguir a profissão que quiserem quando crescerem, estão criando expectativas irreais que podem causar frustração na vida adulta.

Se todos pudessem alcançar os trabalhos dos sonhos, o mundo estaria cheio de astronautas, bailarinas, jogadores de futebol, modelos, atrizes e cantores, e teria bem menos encanadores, contadores e motoristas de ônibus. No mundo real, o mercado de trabalho e a economia ditam quais são as profissões que estão em alta, e outros fatores externos influenciam nos rumos que as carreiras e vidas tomam.

O grande problema é que boa parte dos pais estimula os filhos dizendo que são capazes de seguir seus sonhos profissionais mesmo que estas carreiras sejam difíceis de serem alcançadas. Apenas uma porcentagem muito pequena da população consegue atingir sucesso em determinados segmentos do mercado, e para algumas dessas profissões, como ser astronauta ou bailarina por exemplo, é muito difícil conseguir se inserir no mercado de trabalho mesmo com muito esforço.

Quando dizemos aos nossos filhos que tudo é possível, ao invés de criar um sentimento de otimismo, o resultado pode ser uma frustração e auto depreciação quando o objetivo profissional não é alcançado. Afinal, após anos ouvindo que tudo daria certo e que possuíam todas as habilidades necessárias para alcançar o sucesso, é preciso lidar com frustração e sentimento de incompetência quando isso não acontece.

A comparação com as conquistas alheias também pode ser prejudicial: “se tudo é possível, e é tão fácil conseguir o que se deseja, por que eu não consegui um emprego tão bom quanto o do vizinho? Um aumento ou promoção como o meu colega do trabalho? Ou passar no vestibular de medicina como meu primo?” 

O reflexo na força de trabalho dessa ideologia de que tudo é possível são profissionais desmotivados e que ainda não sabem muito bem quais as funções dentro das possibilidades reais eles gostam de exercer. O número de profissionais que não estão engajados com o trabalho que exercem no dia a dia é alto, em 2013 uma pesquisa da Deloitte apontou que 89% dos trabalhadores não estavam satisfeitos com o trabalho que exerciam.

Uma dica interessante do artigo para manter a positividade e estimular o crescimento e desenvolvimento dos seus filhos em relação à carreira é colocar o foco nas aptidões necessárias para a profissão que a criança quer exercer. Por exemplo: se sua filha diz que quer ser veterinária, você pode dizer que para ser veterinária ela precisa estudar bastante biologia e ciências, ou se seu filho quer ser engenheiro ou astronauta, estimular apontando que matemática e física são as matérias mais importantes para estas profissões, mas procurar manter o realismo dizendo que são carreiras difíceis de serem alcançadas.

Quando as crianças e adolescentes forem amadurecendo é importante continuar auxiliando no planejamento de carreira, ajudando a identificar quais são as áreas em que seus filhos têm mais aptidão e quais as áreas que precisam desenvolver para serem bem sucedidos na carreira desejada.

Outra dica importante do artigo é a importância de desenvolver habilidades como autocontrole e flexibilidade, que são importantes para o sucesso de qualquer profissional. E especialmente focar em quem eles querem ser quando crescer, não apenas no que eles querem fazer.

Ainda assim, faz parte do crescimento de nós como profissionais e seres humanos aprender a lidar com o fracasso e com a frustração. Especialmente para aqueles que se veem desmotivados no trabalho depois de anos ouvindo que tudo era possível, é recomendável uma reflexão dos pontos e áreas que causam descontentamento, e quais são as funções exercidas mais agradáveis. Um serviço de coaching pode ajudar bastante na identificação dos elementos que causam a maior insatisfação e do que precisa ser mudado.

Se ainda assim a insatisfação persistir, lembre-se que você pode encontrar mais de 400 mil vagas de emprego abertas no Adzuna.com.br, e quem sabe alguma empresa com um trabalho mais gratificante não esteja procurando um profissional como você?